Terapia Holística


A palavra Terapia é de origem grega Thaerapia, e significa “servir à Deus”. Em nosso passado, os que cuidavam da saúde eram os mesmos que cuidavam da religiosidade de uma comunidade, os chamados sacerdotes. Aqui no Brasil, nas tribos indígenas, temos na figura do pajé o responsável por cuidar da saúde e da espiritualidade. Nas cidades do interior ainda é comum as pessoas cuidarem de sua saúde e espiritualidade com curandeiras, rezadeiras e até parteiras. Holístico vem de Holos, todo, o conjunto; porque dentro do conceito holístico as doenças não são provenientes de uma única causa, devemos analisar dentro de um todo. O homem não é apenas um corpo físico perecível; o homem sente, pensa, e este sentir e pensar interferem em toda sua constituição. A Terapia Holística busca tratar cada caso como algo único, entendendo que muitas vezes as pessoas que apresentam uma mesma doença não a contraíram de uma mesma forma e nem sempre apresentam sintomas idênticos. Isso ocorre uma vez que cada indivíduo é único, e assim sendo possui uma forma particular de manifestar suas máculas. Aliás, o termo indivíduo significa algo não dividido, total. Uma visão holística já estava presente em várias culturas primitivas do Ocidente, entretanto só recentemente a medicina vêm reconhecendo o papel das emoções e pensamentos na saúde humana; no Oriente esta visão tem orientado os últimos 5.000 anos de pesquisas. Pelo exposto, vemos que a Terapia Holística é parte de um conhecimento milenar, e na atualidade vêm conquistando cada vez mais adeptos, tendo sua eficiência comprovada por pesquisas científicas, sendo aceita e recomendada pelos sistemas de saúde.